Blog

Arquivo da categoria ‘Cultura e Eventos’

Homem não chora!

Postado por Izildinha Neumann em 13 / agosto / 2011

jeffersaon1

Entre os diversos papéis de um homem, possivelmente o de pai seja o mais sublime de todos. O pai carrega a responsabilidade de refletir em si o melhor do mundo, para que, quando adultos, seus filhos reproduzam em suas próprias vidas as lições de suas atitudes e os resultados alcançados. O pai do século XXI adquiriu despreconceituosas e novas atitudes, como o de compartilhar a maternidade, a responsabilidade na rotina do lar, o cuidado com a aparência e a saúde, entre diversos outras.

No mundo corporativo a palavra da moda é “ruptura”, e nesse contexto acredito que o homem do século XXI está em pleno processo de mutação, quebrando tabus e criando novos paradigmas na busca da felicidade e da preparação do mundo para as próximas gerações. O homem desse século que lidera pessoas e processos nas organizações, começa a se engajar na defesa do meio ambiente e da luta pela igualdade como exemplo de pessoa do bem e de bom cidadão. 

A caminhada é longa para a total transmutação do homem moderno. Acredito que quando o homem admitir suas inseguranças, dizer que tem medo e chorar sem se sentir menos homem, estaremos em contato com um novo ciclo da vida na humanidade. Reflita sobre isso!

 

Jefferson Leonardo

Escritor, palestrante, consultor, articulista e professor universitário

www.jeffersonleonardo.com.br

Muito mais que apenas um Homem

Postado por Izildinha Neumann em 13 / agosto / 2011
vanessa

Já se foi o tempo dos estereótipos, quando um homem era apenas o provedor, aquele que defendia a família e não podia chorar, enquanto a mulher cuidava da casa, dos filhos e era a expressão maior dos sentimentos. A cada ano que passa, vamos sentindo uma evolução na Humanidade, na forma como todas as pessoas se comportam e percebemos que ser homem ou ser mulher neste mundo, não é mais tão plano ou óbvio como costumava ser.

Os homens de hoje, por exemplo, estão tendo que lidar mais com seus sentimentos, entendendo que é saudável lidar com suas fraquezas, que ser bonito e se cuidar é uma qualidade e que deixar a casa limpa e preparar a própria comida é sinal de inteligência, principalmente porque o casamento deixou de ser uma obrigação e gerenciar uma casa não é mais nem privilégio ou obrigação das mulheres.

Afinal, quantos pais solteiros não se viram com os compromissos de médicos, escola e casa, sem com isso perder sua masculinidade ou objetividade tão peculiares? Mesmo assim, nenhum homem precisa ser solteiro para assumir este novo lado que o século XXI traz à tona.

Por isso, se você, papai, estiver tentando se manter preso aos velhos padrões, se liberte! Veja como é desafiador acrescentar novas qualidades ao seu repertório; como você valoriza sua mulher quando a ajuda em casa ou com os filhos; como é mais admirado quando cuida da sua saúde, ao invés de temer mostrar suas carências ou preocupações. Aproveite que agora as mulheres também são provedoras e que gerenciar um lar pode ser feito em parceria, sem sobrecarregar ninguém. 

Enfim, perceba que cada vez mais homens e mulheres estão se tornando lados da mesma moeda. Mesmo que cada um carregue sua característica marcante, as diferenças estão ficando menos evidentes entre dois. Desse modo, aprenda com as mulheres e permita que elas aprendam com você. Você não só estará passando um exemplo melhor aos seus filhos, como também abrirá as portas para se sentir mais feliz e completo. Ou seja, mais do que apenas o que um homem deveria ser.

Feliz Dia dos Pais!

 

Vanessa  Mazza Fuquim

Coordenadora de Conteúdo Online
 
http://vanessamazza.com.br

 

Ser Pai

Postado por Izildinha Neumann em 13 / agosto / 2011

vito1Ser pai, hoje, para mim é pensar nos milhões de crianças sem pai, sem mãe, sem casa e sobretudo sem futuro.

Como pai não posso não pensar nos milhões de crianças africanas, com fome e muitas vezes com uma metralhadora na mão, que serão imoladas graças a quinhentos anos de exploração, opressão e esmagamento perpetrado pela bela “civilização ocidental, livre, democrática e cristã”.

E milhões de crianças da nossa América Latina, não estão em situação muito melhor.

No nosso Brasil, há dois tipos de crianças também. As que têm qualquer coisa chamado de pai, isto é,  casa, comida, escola, hospital, diversão à disposição e os que não tem nada disso. Os que irão doentes a um médico que não vai ao ambulatório público, a uma escola da qual sairão semi-analfabetos e um trabalho de vigésima categoria  com salário miserável.

Disse num programa de TV em Belém, a um telespectador que me criticou por usar    uma camisa do CHE, que queria ter uns 70 filhos para ser todos como CHE Guevara.

Abraços,

Um pai,  Vito Giannotti.

Escritor, Jornalista e Italiano com alma brasileira

DIA DOS PAIS….

Postado por Izildinha Neumann em 12 / agosto / 2011

                                                                 dias-dos-pais1

No próximo domingo comemoramos o Dia dos Pais. Pensamos em  mudar um pouquinho: vamos homenagear o homem do século XXI, com suas seguranças e inseguranças, falar dos seus vários papéis (inclusive o papel de Pãe -Pai e Mãe ao mesmo tempo).

Convidamos algumas pessoas para fazerem um depoimento com o tema “Palavra de Homem”. Postaremos os textos no decorrer da próxima semana.

Queremos que esse espaço esteja aberto também a você. Dê o seu depoimento, a sua declaração, seja você o pai, filho ou filha, esposa ou mãe, o avô ou avó… comente… o melhor presente ainda são  palavras, ktal?

Estamos te esperando…

 

Forte abraço a todos os homens, pais ou não.

Equipe Quantinet

 

 

 

Uma singela homenagem…

Postado por Izildinha Neumann em 7 / maio / 2011

 

banner_maes2

Mãe

Mãe… São três letras apenas
As desse nome bendito:
Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito

Para louvar a nossa mãe,
Todo bem que se disser
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer

Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que Deus!

Mário Quintana

 

 

 

Outubro Rosa: um movimento pela conscientização das mulheres.

Postado por Carlos Humberto Perissé em 14 / outubro / 2009
banner_blog_outubro-rosa1
O Outubro Rosa é um movimento criado para dar visibilidade à importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. O projeto consiste em diversas ações como a iluminação em cor de rosa de monumentos históricos em diversos países, a inserção da cor rosa em uniformes e eventos esportivos e o envolvimento espontâneo de sites e blogs.
Todas estas ações visam conscientizar as mulheres, jovens ou não, sobre a urgência de informar sobre as estratégias de prevenção da doença.

Continue lendo »

Quer trocar seus pontos por prêmios?

Postado por Sandra em 19 / junho / 2009

img_troca-de-premios

Chegou a hora! Você se cadastrou, indicou amigos e participou de nossas pesquisas e, com isso, acumulou pontos suficientes para trocá-los por um prêmio que está entre aqueles que oferecemos (e são muitos).

Então, é só você se logar no QuantiNet e clicar em Prêmios. Continue lendo »

Como é participar do Festival Folclórico de Parintins?

Postado por admin em 23 / abril / 2009